O setor imobiliário terá lenta recuperação

Um dos setores afetados fortemente pela crise econômica brasileira é o mercado imobiliário que deve demorar para se recuperar. A expectativa, tanto dos empresários das imobiliárias e do governo, é de que o início da recuperação da economia está próximo. Entretanto, no mercado de imóveis, a retomada de crescimento é sempre mais lenta e depende de sinais concretos, especialmente com relação ao emprego.

As vendas caíram bastante nos 2 últimos anos devido à queda da demanda por imóveis e o excesso de lançamentos. Em São Paulo, o valor dos imóveis residenciais novos postos à venda foi de R$ 12,615 bilhões. Em 2010, o valor foi de R$ 30,17 bilhões, ou seja, o mercado caiu para praticamente um terço do que era em 2010.

Encontre os melhores imóveis em Imobiliária Londrina

Os sinais de melhora são muito tímidos e o principal fator que deve dificultar o setor imobiliário é o mercado de trabalho. O emprego é um dos principais impulsionadores do setor imobiliário, porque, para alguém se comprometer com uma dívida de 20 a 30 anos, que é a duração média dos financiamentos imobiliários, é preciso ter estabilidade de renda.

Esta entrada foi publicada em 21 de julho de 2017. Crie um bookmark para o link permanente.